:.: Como não são divulgados muitos dados sobre as intenções de busca em Português, vamos usar as informações disponíveis nos Estados Unidos, mesmo. Ao dar uma olhada nas listas de termos mais buscados ao longo de 2006 em diferentes buscadores, a impressão que se tem é que se trata de diferentes lugares, ou diferentes períodos:

zeitgeist-compare.jpg

:.: Só há uma coincidência, ainda assim em apenas dois buscadores: American Idol, motivado pelo reality show que no Brasil se chamou Ídolos.

:.: Para Nichola Carr, do Rough Type, antes de ser prova da diferença entre os buscadores, isso mostra que o perfil dos usuários de cada buscador é que é diferente. Não sei se concordo com ele. Afinal, Britney Spears, que aparece em primeiro no Yahoo, já frequentou as listas do Google. Mais que isso. Lá, aparece como sendo a principal busca em 2003 e 2004. Como é que sumiu, agora? Talvez seja interessante ilustrar com a tabela do Google Zeitgeist dos últimos anos, como fez o Allen Stern:

zeitgeist-aos-anos.jpg

:.: Curiosamente, quando Britney sumiu do Google, passou a aparecer no Yahoo: justamente em 2005 e 2006. Veja abaixo a evolução da busca no Yahoo.

zeitgeist-yahoo.jpg

:.: Ou o Google mudou os critérios de inclusão na lista (e não explicou como, nem os motivos), ou o usuário do Google não quer mais saber de celebridades que, aliás, dominam a lista do Yahoo.

:.: Talvez a diferença não esteja no usuário, mas no buscador. O Tecdirt já concluiu, por exemplo, que o MSN tem um ambiente mais favorável a compras que o Google. Isso quer dizer que quem faz buscas no MSN fica mais tentado a teclar nos anúncios. Quem sabe o “ambiente” também influencie os termos usados para a busca, vai saber.

:.: Mas, na verdade, acho que o interessante, mesmo, seria cobrar dos buscadores critérios mais claros para a inclusão nas listas de termos mais buscados. Transparência, já!